img

Apartamento à venda com 2 quartos R$ 1.080.000
Jabaquara, Microrregião de São Paulo


Anúncio
Lindo apartamento para venda tem 94 metros quadrados com 3 quartos, Amplo apartamento face Norte ?Sol o dia todo?. Conceito integrado (cozinha com ilha e coifa personalizada), pia e ilha em pedra silestone, marcenaria sob medida na cozinha, área de serviço, sala de jantar e suíte máster e varanda, piso em madeira maciça. 2 suítes sendo 1 com closet, varanda gourmet, lavabo, 2 vagas de garagem, sendo uma fixa e uma rotativa.
Jabaquara é um bairro pertencente ao distrito homônimo, no município de São Paulo, no Brasil,O nome do bairro vem do tupi e significa "toca da fuga", através da junção dos termos îababa (fuga) e kûara (toca). Provavelmente, uma alusão a antigos quilombos que devem ter existido na região,Terminal Jabaquara - inaugurado em 1977, com uma grande frota de ônibus e um grande público diário, com uma área de mais de 12 000 metros quadrados.Estação de Metrô e Trem Jabaquara - Inaugurada em 1974, faz parte da linha Azul e foi a primeira estação de metrô da cidade de São Paulo, bem como do Brasil.
[5]Museu da Lâmpada - aborda o tema da luz, desde a descoberta do fogo até todas as lâmpadas e formas de iluminação atuais. Paróquia São Judas Tadeu - construída em 1940, que hoje em dia se divide em 2 igrejas e leva o nome do bairro. Parque Lina e Paulo Raia - inaugurado em 1980, com atrações que incluem frequentemente a Escola Municipal de Iniciação Artística(EMIA) Biblioteca Paulo Duarte - Uma das bibliotecas públicas mais completas e famosas da capital.
Jardim Botânico - composto por uma flora extremamente diversificada, com paisagens lindas, quiosques para almoçar e/ou comprar comida e também tem uma fauna(macacos, tartarugas, peixes e mais) 90 graus. - Localizado no bairro Jabaquara, é um estabelecimento de lazer, com paredes de escalada para o entretenimento de quem gosta de aventura, as paredes chegam a até 10 metros de altura.
Shopping do Real - loja com diversos produtos, sejam eles alimentícios, acessórios para casa, maquiagem, brinquedos, papelaria, tudo isso por somente 1 real. O Parque Nabuco - Com uma grande área verde com mais de metros, oferece todo tipo de lazer que um parque tem, proporciona caminhadas, prática de esportes e é aberto das 6h às 18h.
Escola de samba Barroca Zona Sul,O sítio da Ressaca foi construído no século XVIII e tombado no ano de 1972. Três anos depois, o projeto CURA (Comunidade Urbana de Recuperação Acelerada) transformou o Jabaquara em área-piloto, com a restauração iniciada em 1978 e retomada em 1986, após um incêndio.[5] O local, alguns anos depois, passou a abrigar o Acervo da Memória e do Viver Afro-Brasileiro, que reúne objetos referentes à presença dos negros em São Paulo
Até o início do século XVII, a região era ocupada apenas pelos viajantes que se dirigiam a Santo Amaro e à Borda do Campo. A partir dessa época, a região começou a ser procurada por fazendeiros e sitiantes que passaram a abrir estabelecimentos agrícolas e comerciais. Contudo, começou a popularizar-se apenas a partir do final do século XIX, quando a prefeitura decidiu instalar o parque do Jabaquara, utilizado para passeios e piqueniques. Entre os anos de 1886 e 1913, circularam, pela região, os trens a vapor de uma pequena ferrovia que ligava a Vila Mariana a Santo Amaro e cujos trilhos foram implantados sobre uma via do antigo caminho do Carro (via de ligação entre São Paulo e Santo Amaro após atravessar os atuais distritos do Campo Belo e do Brooklin). Em 1906, a São Paulo Tramway, Light and Power Company implantou uma linha de bondes que passava ao largo da região, pois seguia em um trajeto que ia desde a rua Tutoia, na Vila Mariana, até o centro de Santo Amaro.
O primeiro loteamento do Jabaquara aconteceu na vila Santa Catarina entre 1920 e 1921. Até o final da década de 1920, boa parte da região era escassamente povoada, com chácaras esparsas em meio a extensas superfícies não ocupadas. Uma região sem grande urbanização e com grandes características rurais até então.O desenvolvimento e a urbanização vieram apenas no final da década de 1920, com a criação da Avenida Washington Luís, ligando a mais desenvolvida vila Mariana aos loteamentos suburbanos às margens das represas e, principalmente, com a inauguração do Aeroporto de Congonhas em 1936. A construção da Paróquia São Judas Tadeu em 1940, a pedido do arcebispo metropolitano dom José Gaspar Afonso e Silva, auxiliou na valorização das terras da região, que se beneficiaram com o desenvolvimento. Isso incentivou a abertura de loteamentos (Jardim Aeroporto, Vila Mascote, Vila Santa Catarina, Vila Parque Jabaquara), que, no entanto, permaneceram praticamente desocupados ou com apenas alguns núcleos isolados até a década de 1950.
Outra valorização posterior veio em 1968, quando começaram as obras da Linha 1-Azul do metrô de São Paulo. Ficou determinado que a primeira estação da linha seria a estação Jabaquara, inaugurada junto com outras seis estações em 14 de Setembro de 1974. O distrito ainda abriga outra estação metroviária (Conceição), também pertencente à Linha 1-Azul. Três anos depois, em 2 de Maio de 1977, foi inaugurado o Terminal Rodoviário Intermunicipal Jabaquara, que, por sua localização ao sul da cidade, possui muitas linhas com destino ao litoral sul paulista. Ambas as obras ajudaram no desenvolvimento populacional da região, que hoje conta com mais de residentes. A parte comercial também foi desenvolvida e, atualmente, a região conta com, no mínimo, dois polos comerciais importantes: O Centro Empresarial do Aço e a sede do Banco Itaú,Situado na zona sul da capital paulista, Jabaquara é um bairro bem localizado, com boa infraestrutura e preços atrativos, quando consideradas as vantagens que a região oferece. Bem servida pelo comércio e com opções abrangentes de imóveis para alugar e morar, essa vizinhança não pode ficar de fora das pesquisas de quem está procurando um novo lugar para viver. A localização do bairro é considerada estratégica pois conta com acesso rápido a certas vias importantes de São Paulo, como a Anchieta e a Imigrantes. Além disso, a região possui 3 estações do metrô, Conceição, São Judas e Jabaquara, sendo esta última capaz de transportar até 30 mil passageiros a cada 60 minutos durante os horários de pico. Isso torna a mobilidade dessa vizinhança melhor do que a média paulista, uma grande vantagem para os moradores que precisam se deslocar diariamente para outras zonas da cidade. Ao morar no Jabaquara, o que não faltam são opções de entretenimento ao redor, como é o caso do Centro Cultural Jabaquara. Essa é uma ótima biblioteca pública, na qual periodicamente são realizados eventos culturais e peças de teatro. Outra opção bem interessante é o Museu da Lâmpada, que reconta a trajetória histórica de como surgiu a iluminação e o quanto é importante utilizar essa energia com consciência, um passeio imperdível para o público de todas as idades. Quem decide alugar algo para morar em Jabaquara e não quer abrir mão de realizar atividades ao ar livre também não precisa se preocupar, pois o bairro conta com dois ótimos parques. O primeiro deles é o Parque Lina e Paulo Raia, que além de bastante seguro, conta com aparelhos para fazer exercícios, orquidário, locais próprios para caminhada e muito mais. E o outro é o Parque Nabuco, um local com cerca de 30 mil metros quadrados, com playgrounds para as crianças e quadra poliesportiva para os visitantes de qualquer faixa etária. No quesito serviços, Jabaquara também segue evoluindo de forma acelerada, e já consegue oferecer aos seus moradores um bom comércio urbano, com mercados, padarias, farmácias e muito mais, com a expectativa de novos empreendimentos sendo inaugurados muito em breve.

Siga o link para mais informações:
        
imovelweb.com.br

  
Alerta por email
Quando encontrar novas ofertas ou atualizações de preços na categoria Apartamentos com 2 quartos à venda você receberá um alerta de email.


Buscar




- + Buscar

Solicitação de exclusão
Impressum